Log In | Contact Us | View Cart (0 items)
Browse: Collections Digital Content Subjects Creators Record Groups

Manuel Inácio Luís (documentos)

Visão Geral

Resumo

Âmbito e Conteúdo

Family History

Informação Administrativa

Descrição Detalhada

Recorte do Jornal República, Visado pela Censura.

Cartão de Sócio



Contact us about this collection

Manuel Inácio Luís (documentos) | Arquivo Histórico-Social / Projecto MOSCA

Por Paulo Guimarães; Sérgio Duarte

Printer-friendly Impressão | Email Us Contacte-nos sobre esta colecção

Visão geral da colecção ou fundo

Título: Manuel Inácio Luís (documentos)Adicionar ao Seleccionador de Documentos.View associated digital content.

ID: C/LM/058

Entidade produtora: Luís, Manuel Inácio (1903-1971)

Dimensão: 1.0 Caixas

Organização: Esta documentação foi instalada 1 caixa(s) de arquivo.

Data de incorporação: 00/00/1980

Línguas: Português

Resumo

Natural de Trás-Os-Montes, viveu e trabalhou a maior parte da sua vida no Porto, onde foi empregado do comércio. Aderiu às Juventudes Sindicalistas nos anos 20 e ao sindicato do seu ramo de atividade. Esta colecção é composta de vários cartões de Manuel Inácio, de associado em agremiações populares do Porto e 2 exemplares do jornal “República” com nota do seu falecimento.

Âmbito e conteúdo

Esta coleção é composta de 1 pasta  que foi arrumada na caixa de arquivo nº 58  contendo várias fotocópias de  documentos de Manuel Inácio Luís e 2 exemplares  do Jornal " República".

Family History

Manuel Inácio Luís nasceu na pequena aldeia de Carção, concelho de Vi-mioso, distrito de Bragança em 28-1-1903'._ Filho de pais muito pobres, seu paLalmocreve e sua mãe, de jornaleira a parteira, de tudo fazia. A par da instrução primária, ajudava à missa por influência de sua mãe. A sua ânsia de saber, obriga-o a abandonar o seu torrão natal, vindo trabalhar para a cidade de Penafiel, como marçano, para poder estudar o que não consegue. Volta a partir, desta feita, rumo à cidade do Porto. Aqui inicia propriamente toda a sua vida. Começou a sua vida comercial como marçano de solas e cabedais ascendendo gradualmente a 1.° caixeiro. A par do seu trabalho frequentava o curso nocturno na Escola Comercial, constituía família e começava a dar os primeiros passos nas associações de classe dedicando-se à causa sindical. Inicia a sua carreira de mili¬tante anarco-sindicalista na Juventude Sindicalista, sendo mais tarde seu repre¬sentante. Na Câmara Sindical do Trai (União dos Sindicatos Operários), bate-se pelas 8 horas de trabalho. De palavra fácil e ideias muito claras, torna-se figura destacada nos meios associativos, mutualistas, cooperativos e de classe, ajudando a fundar alguns sençlo dirigente activo de várias colectividades dentre as quais se destacam: Fede¬ração das Colectividades do Porto, Cooperativa do Povo Portuense, Associação de Socorros Mútuos das Classes Laboriosas Portuenses, Liga das Associações de Socorros do Porto, Associação dos Empregados do Porto, Liga Portuguesa de Profilaxia Social, Associação Protectora dos Animais, etc.. Homem culto e estudioso possuía uma boa biblioteca especialmente dedi-cada aos problemas sociais e de classe. De trato fácil e amizade sincera, defensor de todas as causas justas, conquis¬hdeptos e amigos nos mios onde convivia e onde, ainda hoje se lastima su:. falta. Morreu às 23 horas do dia 27-1-1971, indo a sepultar civilmente, como >,-mpre desejou, no Cemitério do Prado do repouso, na campa rasa perpétua 1-.° 387, secção 35. O jornal República, de Lisboa, noticiou falecimento deste lutador e exaltou a sua actividade anarco-sindicalista. Morreu sem ver o fim da ditadura.

Informação administrativa

Restrições de comunicação: Esta documentação é de acesso livre.

Restrições de comunicação: Documentação de uso livre em papel ou digital sem fins comerciais, desde que referida na sua fonte o uso limitado pelas normas internas da Biblioteca Nacional de Portugal, pela legislação aplicável à documentação de arquivo, direitos de autor e proteção de dados pessoais.

Nota de restrições sobre o acesso físico: Este fundo não tem restrições de acesso físico.

Nota técnica sobre o acesso: Este fundo não tem restrições de acesso técnico.

Fonte de aquisição: Emídio Santana

Método de aquisição: Este conjunto documental foi depositado na BNP como parte integrante do AHS.

Informação sobre avaliação: No inventário AHS (1982), a coleção “Outros militantes” compreende 1 caixa(s)

Nota sobre originais/cópias: Espólio integralmente digitalizado

Materiais relacionados: Manuel Inácio Luís

Citação: Portugal.Biblioteca Nacional/Arquivo Histórico-Social – espólio de Manuel Inácio Luís.(BNP.61. cxs. 58)

Revisões a este registo:

Neste arquivo digital, o núcleo “Outros militantes” foi reorganizado de acordo com a sua proveniência. Manteve-se, porém, o arranjo anterior da documentação na sua forma física.

A cópia digital desta coleção foi organizada e descrita, no âmbito do projeto MOSCA (2010-2013)


Listagem de conteúdos de caixas e pastas


Listagem por Documento:

[Documento REC: Recorte do Jornal República, Visado pela Censura., 15-02-1971],
[Documento CART: Cartão de Sócio, 1964],
[All]

Documento REC: Recorte do Jornal República, Visado pela Censura., 15-02-1971Adicionar ao Seleccionador de Documentos.View associated digital content.
acessível em:: http://mosca-servidor.xdi.uevora.pt/projecto/AHS_JPG/C_Militantes/CLMI%20Manuel%20Inacio%20Luis/Recortes%20de%20Jornal/
Documento CART: Cartão de Sócio, 1964Adicionar ao Seleccionador de Documentos.View associated digital content.
Cartão de Sócio nº.3 688, de Manuel Inácio Luís, referente á Sociedade protectora dos animais.
Acessível em:: http://mosca-servidor.xdi.uevora.pt/projecto/AHS_JPG/C_Militantes/CLMI%20Manuel%20Inacio%20Luis/Cart%f5es%20de%20S%f3cio/



Page Generated in: 0.272 seconds (using 536 queries).
Using 11240968B of memory. (Peak of 11513968B.)

Powered by Archon Version 3.12
Copyright ©2010 The University of Illinois at Urbana-Champaign