Log In | Contacte-nos | Seleccionar Documentos (0 itens)
Navegar por: Colecções Conteúdos Digitais Assuntos Produtores Classificação

Noja Ruiz, Hijino (1896-1972) | Arquivo Histórico-Social / Projecto MOSCA

Nome: Noja Ruiz, Hijino (1896-1972)
Nome Secundários: José López Herrero (pseud.); Fructuoso Vidal (pseud.)


Nota Biográfica: Mestre racionalista e propagandista anarquista, n. en Nerva (Huelva, Andaluzia, Espanha) a 8.Nov.1896. Filho de um químico mineiro empregado nas minas de Rio Tinto, começou aí trabalhar com 12 anos. Muito jovem participou num grupo anarquista de Nerva com Andrés R. Alvarado, Salvador Pino, Francisco Ortega e outros que fazia propaganda pela região. Participou na greve mineira de 1913 em Rio Tinto e foi despedido. Foi então para Barcelona onde conheceu outros anarquistas de destaque como Salvador Seguí, Eusebio Carbó ou Anselmo Lorenzo, etc. Na década de 1920 desenvolve actividade relevante como escritor, jornalista, conferencista nos meios libertários. Participa intensalmente na organização libertária vivendo em várias localidades de Espanha, chegando a exilar-se em Portugal para fugir à mobilização para a Guerra do Rif. Foi detido em Alicante em 1939 pelas tropas franquistas, acabando por obter a liberdade condicional em 1943, sobrevivendo a dar aulas como professor particular. Faleceu a 2.Fev.1972 em Valência, deixando uma vastíssima obra literária, crítica e ensaística de matriz comunista libertária.
Fontes: "Higinio Noja Ruiz maestro racionalista", CNT Puerto Real, http://puertoreal.cnt.es/es/bilbiografias-anarquistas/2798-higinio-noja-ruiz-maestro-racionalista.html (último acesso em 12-3-2013)






Page Generated in: 0.117 seconds (using 134 queries).
Using 10575688B of memory. (Peak of 10706168B.)

Powered by Archon Version 3.12
Copyright ©2010 The University of Illinois at Urbana-Champaign