Log In | Contacte-nos | Seleccionar Documentos (0 itens)
Navegar por: Colecções Conteúdos Digitais Assuntos Produtores Classificação

Aliança Libertaria e Anarco-Sindicalista (1976) | Arquivo Histórico-Social / Projecto MOSCA

Nome: Aliança Libertaria e Anarco-Sindicalista (1976)
Nome Secundários: A.L.A.S
Nome Completo: Aliança Libertaria e Anarco-Sindicalista


Nota Histórica:

A Aliança Libertária e Anarquista-Sindicalista (ALAS) é uma organização política e social libertária agrupando várias tendências revolucionárias, desde o socialismo libertário até ao anarco-sindicalismo, seguindo um alinhamento social revolucionário. Nós estamos organizados num projecto político que tem já mais de 20 anos. A ALAS foi criada em 1976 como Aliança Libertária e Anarco-Sindicalista e refundada em Almada no ano de 1985 com nova denominação, pela fusão de vários núcleos e grupos libertários, acratas, anarco-sindicalistas e anarquistas sociais. Reinserir ou reencontrar hoje a essência do verdadeiro anarquismo, numa sociedade como a nossa, num Portugal tão dependente, violentado, amordaçado, saqueado e oprimido pelo imperialismo não é uma tarefa simples e fácil, apesar da grande tradição anarquista que existe no movimento operário português. Por isso no ano do nosso 5.º Congresso definimos o nosso programa geral para esta etapa. O mesmo estrutura-se em três partes: político, económico e social. Estas últimas definições têm sido centrais em toda a nossa história política, já que pensamos que é hora para o anarquismo organizado se compreenda como sendo fundamental consolidar um programa geral de luta no caminho da unidade com os sectores e classes oprimidas de Portugal.

A ALAS é uma organização que compreende que o anarquismo teve uma grande influência no seio do movimento operário deste país, e que no conjunto de ideias, princípios, críticas e propostas que compreendem e fazem parte do anarquismo, existem distintas correntes que têm particular forma de pensá-lo, de interpretá-lo e de o levar à prática. Nós reconhecemo-nos dentro da corrente organizista e também na anarco-sindicalista, tão especifica de nossa ideologia que supõe, em linhas gerais, a união dos militantes libertários, suas forças e capacidades, para actuar nos distintos camposonde se expressa a luta declasses. Por isso a nossa prática política a desenvolvemos nos bairros populares, nos centros de estudo, nos sindicatos, etc.

A ALAS reconhece-se dentro e como percentence às classe oprimidas de Portugal, e por isso pretende ser uma expressão das capacidades organizativas das mesmas. A classe oprimida portuguesa é integrada por distintos sujeitos sociais que vêm do desenvolvimento do capitalismo em cada sociedade específica. No nosso caso, o nosso espaço de inserção é a sociedade portuguesa, que se representa na constituição de distintos sujeitos. Compreendem então o conjunto da classe oprimida, trabalhadores com ou sem capacidade determinada, trabalhadores a prazo, trabalhadores em parte-time, desempregados, estudantes, mulheres trabalhadoras, donas de casa, imigrantes, sectores com reivindicações étnicas ou laborais. Consideramos aos distintos sujeitos como parte de um todo indivisível, já que o conflito principal é de classe, e não de raça, cultura, sexualidade ou expressão religiosa.

A ALAS é uma organização que se estrutura de maneira regionalista com os seus próprios núcleos espalhados em todo o país; a democracia directa, o respeito e a solidariedade entre os companheiros e companheiras, é algo fundamental na base da nossa consciência organizativa.

A ALAS é uma organização que se planifica, modela, orienta e organiza o seu projecto de libertação numa estratégia de ruptura revolucionária a longo prazo, orientada por princípios e conceitos que guiam o accionar político de intenção revolucionária, é que os militantes anarco-sociais encaram o caminho até ao desenvolvimento de uma capacidade política da nossa classe, até à ruptura, a revolução social, a libertação do homem da escravatura do trabalho e a sua emancipação social, e como fim último o socialismo e a liberdade.

Nota do Autor: http://alas.no.sapo.pt/alas.htm




Page Generated in: 0.125 seconds (using 148 queries).
Using 10651304B of memory. (Peak of 10795480B.)

Powered by Archon Version 3.12
Copyright ©2010 The University of Illinois at Urbana-Champaign