Log In | Contacte-nos | Seleccionar Documentos (0 itens)
Navegar por: Colecções Conteúdos Digitais Assuntos Produtores Classificação

Ferreira, José Eugénio Dias (1882-1953) | Arquivo Histórico-Social / Projecto MOSCA

Nome: Ferreira, José Eugénio Dias (1882-1953)
Nome Completo: José Eugénio Dias Ferreira


Nota Biográfica: José Eugénio Dias Ferreira (Lisboa, 13 de Novembro de 1882 — Lisboa, 17 de Janeiro de 1953), advogado, jurista e professor universitário português. Era filho ilegítimo de José Dias Ferreira, jurista e político, e de Eugénia Henriqueta Alves Valdez, 1ª condessa de Penalva de Alva. Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, fez carreira como Lente do Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras. O seu nome aparece intimamente ligado à Greve Académica de 1907 — quando se candidatou à obtenção do grau de doutor na Universidade de Coimbra, a sua reprovação no segundo dia de provas, a 28 de Fevereiro de 1907, por manifesto acto de abuso administrativo perpetrado pelo júri, causou escândalo na academia, que levou José Eugénio em ombros, aclamou-o como herói e iniciou assim uma das mais importantes greves estudantis de sempre. Anos mais tarde, José Eugénio viria a defender a sua tese de doutoramento em Direito, em Coimbra, tendo sido aprovado e laureado. Foi militante do Partido Republicano Português. De sua mulher Júlia teve um filho Carlos Eugénio Dias Ferreira, nascido em Lisboa a 18 de Maio de 1908, de cujo casamento com a engenheira Julieta Ferreira Teixeira Carvalho, filha de José Teixeira Carvalho e de Etelvina Ferreira Carvalho, teve Manuela Ferreira Leite, economista e dirigente política, e de José Eugénio Dias Ferreira, advogado e dirigente desportivo.
Nota do Autor: Wikipedia






Page Generated in: 0.121 seconds (using 104 queries).
Using 8905400B of memory. (Peak of 9027456B.)

Powered by Archon Version 3.12
Copyright ©2010 The University of Illinois at Urbana-Champaign